Blog
Três pilares importantes para empreendedores!
2 de dezembro de 2015
0
otimismo - os três pilares

Não sei todos, mas arrisco dizer que escolhi 3 pilares bem fortes quando decidi empreender, explico:

Em uma conversa rápida com alguns participantes do Startup Weekend João Pessoa, (#swjpa) na Paraíba, surgiu a pergunta: “Quais seriam todos os pilares necessários para avançar crescendo nos negócios?” perguntou um dos participantes, respondi que não sei TODOS os pilares, ou claro que já seria rico, mas gosto de desenvolver todos os planos empresariais da minha jornada empreendedora amparados em três pilares que estão sempre bem claros para mim, em todos posso descrever milhares de situações e resultados obtidos. São eles:

Três pilares importantes para empreendedores

Primeiro: Firmeza de Propósito – Fazem 15 anos, dos quais 10 estou desempregado, que acordo com um único objetivo, colocar mais elementos no meu castelo empreendedor. Já andei em muitas estradas e uma coisa posso afirmar, quando pedi demissão eu tinha certeza que queria construir um castelo, inicialmente com 11 empresas em 7 áreas de atuação e todas capazes de mudar a vida das pessoas. Tudo bem que essa certeza não me fez dar certo em tudo, apanhei muito, perdi muito dinheiro, oportunidades e até amigos, mas nunca perdi a direção e isso permanece assim até hoje. Saber o que se quer é importante, claro que contei com muita sorte também, mas eu sempre soube o próximo passo e nunca me deixei levar pelas variáveis da vida, nunca mudei o rumo das coisas com base em acontecimentos externos ou deixei minha ansiedade me atrapalhar, estou firme e forte a caminho do propósito de minha existência.

Segundo: Disponibilidade – Esse talvez seja o pilar mais duro, ele é até mais difícil de explicar, mas vou tentar. Ao longo dos últimos 15 anos, em especial nos últimos 10, abri mão de milhares de coisas para alcançar dezenas de coisas, vou tentar explicar exemplificando: Sabe o campo de futebol? Eu nunca tinha entrado em um até o ano da Copa do Mundo no Brasil, nunca me preocupei com paixões por futebol, acho muito bom e me divirto com os amigos que gostam mas eu nunca dediquei um minuto da minha vida para isso até a Copa do Mundo no Brasil. Boate? Nunca fui em uma balada, me perdoe por favor! Festinha com a turma no final de semana? NUNCA! Respeite o 1o. de janeiro, Confraternização Universal dos Povos, não preciso de uma festa maior que essa… esses exemplos servem para ilustrar um pouco sobre minha disponibilidade ao meu propósito, mas tem um que poderá ser mais fácil de entender, sabe o velho cineminha com a namorada? são 13 anos entre namoro e noivado e até hoje ela nunca entrou em uma sala de cinema comigo, nunca fui, aliás, já fiz palestras em cinemas mas nunca consegui dedicar horas aos filmes, isso não me fez falta até aqui e sei que é uma ótima forma de relaxar, mas não, obrigado, relaxo comendo doces. Todo esse blá blá blá para dizer uma coisa simples, na verdade você não precisa ser um louco como eu fui, mas precisa ter disponibilidade para estudar, atuar, captar, andar, conhecer, fermentar, fornecer até florescer seu negócio. Receber uma herança não exige esse pilar, mas pode demorar muito tempo e a vida é curta de mais para viver rico por apenas alguns anos e já no final de linha. Pense nisso! Quando falo de disponibilidade estou falando de negociação com amigos, família, namorada e nossos vícios, não dura para sempre é só durante uma janela até que sua renda possa cobrir as despesas e você possa ter paz de espírito para voar mais e mais alto. Se a sua agenda social, familiar e pessoal tomam mais que 15% da sua vida produtiva, prepare-se, você pode encontrar um dilema pessoal muito sério entre os 23 e 30 anos de idade. Ajuste tudo e esteja disposto para tudo, estamos vivendo em um mundo que não permite mais expediente das oito até as seis da noite, esteja disponível o tempo todo e seu negócio irá prosperar, e você nem precisa deixar de viver para isso basta organizar a vida que tudo funcionará bem.
Terceiro: Conhecimento e Habilidade: Sempre me considerei muito ruim em matérias da escola, disciplinas das faculdades que cursei e no trabalho, com algumas funções, no entanto, ao apresentar trabalhos eu tinha um resultado especial, aprendia muito e ensinava muito, também falava muito bem e conquistava professores, colegas de estudo e clientes. Sim, eu passei muitas noites acordado, abri mão de ter um carro legal para ter um popular e poder pagar um MBA fora da minha cidade, li sem saber, estudei sem porque e conquistei meu lazer reforçando minhas habilidades com conhecimentos e concentrando meus esforços em focos específicos do meu propósito. Ainda não consegui tudo mas nunca permaneci muito tempo parado no mesmo lugar, talvez isso possa ilustrar um pouco mais sobre valorizar conhecimento e treinar habilidades na hora de empreender. Empreender é multidisciplinar, não é programar nem é cantar, mas pode encantar e elevar ao novo patamar que todo empreendedor deve almejar.

Considerem que tudo escrito acima pode ser interpretado de maneira equivocada, mas pensando no seu bem, tente internalizar o que escrevi e refletir sobre como você encara cada um desses pilares, isso pode te ajudar muito!

 

 

 

7

Relacionados

/ Você deve achar isso interessante também

Supermercado novas tecnologias

Inovar em supermercados não é apenas inserir softwares!

Não sei todos, mas arrisco dizer que escolhi 3 pi...

Leia mais
Sobre o fracasso

Se você fizer as coisas pela metade, você será um fracassado!

Não sei todos, mas arrisco dizer que escolhi 3 pi...

Leia mais
Games e o mercado - por Erick de Albuquerque

Sobre o mercado de games, precisamos anotar algumas coisas.

Não sei todos, mas arrisco dizer que escolhi 3 pi...

Leia mais

There are 0 comments