fbpx
Novidades
Enquanto Jurandir Pires encerra, Lojas Pernambucanas ampliam negócios e retornam ao Nordeste.
8 de julho de 2021
0

Depois de inaugurar loja com mais de 1.000 metros quadrados no Shopping Bela Vista, em Salvador/BA, e uma loja na cidade de Gurupi/TO, a rede de lojas e magazines Pernambucanas retorna ao Norte e Nordeste do Brasil.

Embora para a atual dona da empresa, a Arthur Lundgren Tecidos S/A – Casas Pernambucanas, essa seja uma primeira vez na região, a história do negócio com os Nordestinos é longa e íntima, isso por que as lojas que existiam antes eram comandadas pela Lundgren Irmãos Tecidos Indústria e Comércio S/A, também de herdeiros do Comendador Herman Lundgren.

Vou explicar essa relação meio confusa: Herman Lundgren era dono da Fábrica de Tecidos Paulista (PE), e criou a rede de lojas Pernambucanas para distribuir seus tecidos de algodão, no entanto ele faleceu muito próximo da data de inauguração da primeira loja, e seus herdeiros que fizeram a abertura do negócio em 25 de setembro de 1908.


A primeira loja em São Paulo foi inaugurada em 1910, ficava na Praça da Sé, as lojas tinham o nome de Lojas Paulistas, que era uma referência ao local de origem da marca, a cidade de Paulista-PE, mas isso não durou muito, por questões societárias entre a Mãe e um dos Herdeiros, foi aberto um novo negócio para operar a parte de varejo, que já era lucrativo, mas que ganhou asas vendendo os produtos produzidos pela indústria também comandada pelos Lundgren. Essa nova forma ganhou nome de Casas Pernambucanas.

A marca que ganhou o Brasil entre os anos de 1940 e 1950 utilizou os slogans: “Onde todos compram”, “Seriedade Absoluta”, e se tornou a maior rede varejista do país.

Veja um dos comerciais de tv que era utilizado pela marca na época:

O executivo Marcelo Silva desenvolveu uma abordagem original de gestão para a marca, que era chamada de “carinho pelas pessoas” onde entre outras coisas investia em um programa de valorização e educação dos colaboradores, assim a empresa qualificou o atendimento, ampliou a quantidade de clientes, inclusive sabendo suas preferências e principais problemas, e elevou muito as receitas da empresa, que logo rompeu a barreira de R$ 1 Bilhão em faturamento.

E tá aqui uma pimenta do TIO: Por que outras marcas não investem em conhecimento e relacionamento com os clientes (internos e externos, já que um leva ao outro) ?.

Atualmente a marca chega em todas as regiões do Brasil e possuí 426 lojas, totalizando 300 cidades e com mais de 14 mil colaboradores. A gestão foi modernizada, eles vendem pela internet claro, e novas seções foram inseridas no negócio, tais como a seção de beleza que tem um amplo portfólio de itens de marcas consagradas.

E ai, gostou de saber essa história? Me conta no instagram qual foi o insight que você teve. >>> @erickdealbuquerque

Veja o comercial em vídeo “atualizado” logo abaixo!

0

About author

Equipe Erick de Allbuquerque

Relacionados

/ Você deve achar isso interessante também

mudanças-no-instagram

Instagram não é mais app apenas para postar fotos, afirma CEO da plataforma

COM INFORMAÇÕES DO Tim Bradshaw | FINANCIAL TIME...

Leia mais
Erick de Albuquerque Comemora Bolo de Noiva como patrimônio cultural e imaterial de Pernambuco

Bolo de Noiva de Pernambuco agora é patrimônio cultural e imaterial.

Comemoro sem vergonha alguma por que a paixão que...

Leia mais
Afinal Quanto dinheiro preciso ter para empreender?

Quanto preciso ter para pedir demissão e abrir um negócio?

Você sabe quanto dinheiro precisa ter para empree...

Leia mais

There are 0 comments