agenda Blog
8 lições aprendidas e coisas que falei na Maratona PME – Líderes Inspiradores
10 de julho de 2016
0
, , ,
Clique para baixar o arquivo com os slides da apresentação de Erick de Albuqurque

Download

Retornando aos eventos, no último dia 05 de julho fui presenteado com a oportunidade de poder falar para centenas de empreendedores no grandioso evento Maratona Valor PME – Líderes Inspiradores do Valor Econômico.

Todos os palestrantes tinham muito para ensinar, isso foi realmente fora da curva, só para contextualizar vocês, a Maratona PME é um evento com mais de 10 horas de conteúdo em um só dia, overdose sim, já palestraram no evento pessoas como: Abílio Diniz da BRF, Luiza Trajano do Magazine Luiza, Pedro Passos da Natura, Joesley Batista da J&F, Romero Rodrigues do Buscapé, Sonia Hess da Dudalina, Luiz Mattar da Tivit, Antonio Alberto Saraiva do Habib’s, Tallis Gomes da Easytaxi, Luciano Huck, apresentador e empreendedor, Guilherme Paulus da CVC, Marcelo Alecrim, AleSat, Robinson Shiba, China in Box, Luiz Carlos Batista, Máquina de Vendas, João Carlos Paes Mendonça, Presidente do Grupo JCPM, Rose Guareschi, Grupo Julietto e muito mais… ou seja, não é um evento do qual não se possa extrair inspiração ok? Isso mesmo, todos contaram suas histórias e muitas coisas que eles falaram se parecem com nossas vidas, nossos dilemas e histórias empreendedoras, por isso é um evento que considero tão importante, eu curti muito essa iniciativa do Valor, ganhou meu respeito e admiração.

Valor PME - Líderes Inspiradores - Erick de Albuquerque

Recebi inúmeros feedbacks após minha fala, foi possível rever grandes amigos e criar importantes conexões, mas a melhor parte foi poder sentar em paz diante do palco onde eu falaria na parte da tarde e ouvir tantas recomendações e histórias de empreendedores mais experientes que eu, foi incrível e vou listar agora as X lições que aprendi, algumas reflexões que pude fazer e as recomendações que fiz em minha palestra com o título: Inspirando Sonhadores: Como anda sua trajetória?.

Lição 1: Sobre sociedade. Eu achei que apenas eu vivia problemas societários mas não, descobri um dia antes do evento enquanto almoçava com um dos palestrantes que ele partiu para briga judicial com todos os sócios, isso é bem distante dos meus problemas societários, graças a Deus, mas a falta de alinhamento societário é apenas um dos agentes que podem dissolver uma empresa. Outro ponto que os empreendedores devem ter cuidado é com a comunicação entre os sócios, se não existir essa comunicação você pode ligar o alerta máximo, tem algo muito errado, os palestrantes demonstraram diversos casos em que negócios bem sucedidos possuem sócios bem alinhados, que se falam diariamente e retocam suas estratégias praticamente em tempo real.  (Leiam o livro Sonho Grande ele traz muita bagagem nesse e em outros pontos sobre sociedade, vale a pena) Então, alinhamento societário continua entre minhas dicas para o sucesso, é o básico, e comunicação também, as qualificações profissionais e demais coisas só ajudam mas sem esses dois pilares nada feito, entre 1 e 10 anos a coisa vai desandar.

Lição 2: Sobre feeling, coragem e criatividade: Ouvi do Rony Meisler fundador da Reserva, que devemos acreditar em nosso feeling, ter coragem pra agir ( atitude ) e usar a criatividade ( vejam esse vídeo e entendam mais sobre coragem e criatividade, quando uma loja da Reserva foi assaltada mais de uma vez e todas as peças foram retiradas na marra, o que poderia pegar mal para a marca foi utilizado em favor dela ) Isso quer dizer que, muitas vezes podemos e devemos ser criativos com nossos momentos não favoráveis, pense nisso.

Lição 3: Firmeza de propósito: É algo que trabalho bastante em minha personalidade, sabe o que quero dizer? Simples, se você decidir empreender por favor, faça tudo que puder, da maneira mais correta possível e mantenha sua caminhada firme e forte na direção desejada, claro que você deve ficar atento(a) para mudar a direção quando algo estiver errado, mas isso não significa que deva mudar o universo ao redor, apenas ajuste as coisas. Algo que todos os palestrantes falaram muito: Não vai ser nada fácil mas mantenha o trabalho que os resultados aparecerão.

Lição 4: Plante hoje, colha hoje mas, prepare colheita para amanhã: Isso quer dizer que dá para se manter em um negócio mas suas projeções devem considerar o verão e o inverno, o Presidente da Serttel, Angelo Leite, deixou isso bem claro ao mostrar que as receitas da sua empresa (quase R$ 200 milhões por ano) estão divididas entre empresas públicas, privadas e os usuários dos serviços, o que ajuda e muito na diminuição dos riscos impostos ao faturamento que pode ser obtido em ações focadas no curto prazo, planejar em longo prazo pode fazer você escolher bons clientes para hoje e ótimos clientes para toda vida empresarial do seu negócio. Então pense assim, o planejamento e acompanhamento dos resultados podem te ajudar a ter receitas hoje sem deixar de garantir as próximas entradas.

Lição 4: Controle o fluxo de caixa, gerencie bem as finanças: É bem comum ouvir relatos de empreendedores que quebraram suas empresas por conta da má gestão nas finanças, imagine ter centenas de funcionários, milhões de reais indo e vindo em suas contas e não saber direito o que está acontecendo? Acha que isso é impossível? Saiba que dados do Sebrae indicam 35% das empresas como boas gestoras de suas finanças, e o restante? Sim, administram como dá e certamente terão problemas muito em breve. As pequenas empresas sofrem com isso mas não deveriam, é muito fácil (e até barato)  utilizar um software online para controlar os fluxos, mas muitas empresas insistem em controles falhos e planejamento zero, o que as torna mais vulneráveis.

Lição 5: Não desista, mas faça o que deve ser feito: Essa eu aprendi com André Ferraz, da Inloco Media, ele deixou claro que as pressões para o empreendedor irão existir sempre mas que a liderança pode e deve intervir para filtrar coisas, manter o time produzindo até que as coisas funcionem direito.

Lição 6: Em momentos de crise e dificuldades nós devemos achar as oportunidades: O Presidente do Grupo Bonaparte encontrou uma oportunidade no varejo alimentício, ele demonstrou uma variação crescente nas vendas de refeições com custo médio de R$ 15,00 ( entre 5% e 15%) e uma queda de até 30% nas vendas de refeições com valor entre R$ 30,00 e R$ 70,00, segundo dados da Fispal e Abrasel, e após soltar uma frase que me animou “A crise é um prato cheio para quem busca grandes oportunidades.” informou em primeira mão que irá lançar uma rede de restaurantes chamada de Capilé, justamente para aproveitar essa oportunidade. Aproveitar oportunidades pode ser uma questão de postura da sua empresa, ligue os radares e siga em frente.

Maratona PME - Bonaparte

Lição 7: Aproveite as novas tecnologias e diversos tipos de mídias para fazer anúncios e vender mais: Hoje em dia é possível anunciar e vender online, atingindo públicos sem gastar muito, no entanto, nem todas as empresas tem apresentado bons resultados na mídia tradicional, elas precisam entender que online os resultados representam muito para pequenas empresas, e com pouco investimento. É preciso estudar as novas mídias e aproveitar todo potencial delas junto com as ferramentas tecnológicas disponíveis muitas vezes grátis. Potencialize suas vendas e aumente os resultados da sua empresa entendendo (estude) as ferramentas tecnológicas e o marketing digital, foi uma lição que aprendi com o Kadu Baracho da Black Viking.

Lição 8: Tenha o radar sempre ligado, leia, participe e tenha atitude: “Ficar conectado com informações abre um campo magnético bem interessante na cabeça dos empreendedores, parece que atrai oportunidades, conecta pessoas e anima a alma” São palavras minhas mesmo, durante o evento lembrei de falar que o Banco do Nordeste inaugurou dia 08 de julho o Hubine – Hub de Inovação do Nordeste, em Fortaleza-CE, uma ótima oportunidade para novos empreendedores realizarem grandes conexões e treinarem suas habilidades, no entanto, eram poucos os participantes que estavam sabendo sobre o assunto, eu sabia mais que eles acredita?  Então, quero dizer: “Não perca tempo com coisas pequenas, permita-se conectar ao novo e produzir algo interessante para elevar seu status empreendedor”. São palavras minhas também.

É só isso gente, estou grato e feliz pelo convite, ansioso para reencontrar todos em outros eventos Nordeste a dentro 🙂

 

12

Relacionados

/ Você deve achar isso interessante também

Sobre o fracasso

Se você fizer as coisas pela metade, você será um fracassado!

Retornando aos eventos, no último dia 05 de julho...

Leia mais
Games e o mercado - por Erick de Albuquerque

Sobre o mercado de games, precisamos anotar algumas coisas.

Retornando aos eventos, no último dia 05 de julho...

Leia mais
Shark Tank Peter Paiva

Empreendedor X Empreendedor no Shark Tank Brasil – Comentários

Retornando aos eventos, no último dia 05 de julho...

Leia mais

There are 0 comments